Arquivo da tag: vencedora

De PG, Regina Maura vence prêmio de atriz coadjuvante em MG

Prefeitura de Praia Grande

A atriz de Praia Grande, Regina Maura, que vive a personagem Violeta no espetáculo ‘As Sogras’, foi vencedora do prêmio de melhor atriz coadjuvante no 12º Festival Nacional de Teatro de Governador Valadares (MG), o FENTA, no último final de semana (27/jan). Também participante da peça, a atriz Regina Monteiro foi outra indicada ao prêmio.

Regina Maura declara: “Estou muito feliz em todos os sentidos. Fomos muito bem recebidos pela organização do Festival, tudo muito organizado, e só essa oportunidade de participar já estava ótima. É claro que esperávamos trazer alguma premiação, porém achamos que seria mais na parte técnica. Foi uma surpresa para mim porque o elenco é incrível, todos têm muito destaque e, de repente, duas atrizes da mesma peça sendo indicadas já seria maravilhoso. Ser premiada então, me deixa emocionada”, conta a artista.

O diretor do espetáculo, Alan Queiroz, diz que estava acompanhando a premiação pelo Instagram e repassando as informações ao elenco. “Quando mencionei a indicação das duas para a mesma categoria de melhor atriz coadjuvante a alegria foi geral, não apenas para as duas, mas para todo o elenco. Logo depois veio a premiação da Regina Maura. Foi muito gratificante para todos nós”.

Ele comenta ainda sobre o merecimento do prêmio de Regina. “Eles deram um show no palco e a Violeta estava com a corda toda. Concentração, construção do personagem e dedicação extrema. Ela mereceu muito esse prêmio. Regina vem crescendo muito, novos palcos ofertam novos desafios e superar esses desafios fazem com que o ator cresça e, consequentemente, o personagem cresça juntamente com o espetáculo”.

A peça, escolhida entre os 51 inscritos no Festival, conta a história de Roberval, um professor prestes a conquistar a tão sonhada aposentadoria. Porém, a sua vida e da esposa mudam consideravelmente, quando eles recebem a visita inesperada de suas quatro sogras juntas. O divertimento é garantido com a atuação dos atores Naira Reyne, Oswaldo Soto, Regina Monteiro, Regina Maura, Paula Sueli e Eulália Santos. Em Praia Grande, a peça deverá ter uma nova apresentação gratuita no dia 21/fev no Teatro Serafim Gonzalez.

 

Unidos dos Morros é a campeã do Carnaval de Santos

A escola de samba Unidos dos Morros é a campeã do Grupo Especial do Carnaval santista de 2016. A agremiação, que já havia vencido em 2014, somou 179,8 pontos e ficou à frente da Mocidade Independente de Padre Paulo, em segundo lugar, com 179, e da Mocidade Amazonense, na terceira colocação, com 178,2.

O quarto lugar do Grupo Especial ficou com a escola Vila Mathias, que conquistou 177,7 pontos, a mesma somatória atingida pela X-9, que terminou a disputa na quinta colocação. O desempate ocorreu pelo critério Harmonia. As escolas rebaixadas para o Acesso são Mocidade Dependente do Samba, com 175,6, e Real Mocidade Santista, com 175,2 pontos.

A apuração ocorreu no Teatro Guarany, no Centro Histórico de Santos, com a participação de cerca de 70 integrantes das agremiações na plateia e grande público concentrado em frente ao teatro, na Praça dos Andradas, que recebeu sonorização para o acompanhamento dos resultados.

As 17 agremiações participantes do Carnaval da Cidade foram avaliadas em 9 quesitos (fantasia, enredo, alegorias e adereços, comissão de frente, mestre-sala e porta-bandeira, evolução, samba de enredo, harmonia e bateria), por equipe de 27 jurados (3 por quesito) contratada pela Liga Independente Cultural das Escolas de Samba (Licess).

Acesso e Grupo 1

Pelo Grupo de Acesso, a vencedora foi a escola de samba Sangue Jovem, que somou 178,2 pontos e que, no próximo ano, retorna ao Grupo Especial. A agremiação rebaixada para o Grupo 1 foi a Império da Vila, com 162,9.

Já o Grupo 1 teve como vencedora a escola Mãos Entrelaçadas, com 174,6 pontos. A agremiação não sobe para o Acesso por ainda ter desfilado como pleiteante. Em 2017, a campeã e a outra pleiteante do grupo, Unidos da Baixada, em segundo lugar, com 170,7 pontos, concorrem mais uma vez no Grupo 1, mas disputando a ascensão.

Punições em pontuação

No início da apuração, a Comissão de Carnaval informou punições em pontuação aplicadas às escolas. A X-9 perdeu 0,4 por tentar adentrar a Passarela do Samba Dráusio da Cruz com carro alegórico de altura superior a 10 metros, o que ocasionou a quebra de alegoria do veículo.

Outras escolas também receberam punições. Pelo Grupo de Acesso, a Império da Vila teve desconto de 6 pontos por não atingir o número mínimo de componentes. Já a Unidos da Zona Noroeste foi descontada em 0,2 por exceder o tempo de desfile em 2 minutos.

No Grupo 1, a Imperatriz Alvinegra foi penalizada com a perda de 0,1 ponto e a Dragões do Castelo com 0,3. Ambas desfilaram com quantidade de integrantes abaixo do permitido na Ala das Baianas.

*Prefeitura de Santos