Arquivo da tag: vila alice

Visitas às bibliotecas centrais de Guarujá crescem em 20%

Por Prefeitura de Guarujá

Mais de 282 mil atendimentos foram realizados nas bibliotecas centrais de Guarujá no último biênio. Entre 2017 e 2018, houve um acréscimo de 31 mil atendimentos no último ano. Além de um acervo de livros e revistas, os visitantes podem conferir gibiteca, acervo museológico sobre a Revolução de 1932 e uma horta fitoterápica, com diversidade de ervas e plantas medicinas.

Tudo isso em um ambiente moderno, climatizado e com wi-fi gratuito nas Bibliotecas centrais: Geraldo Ferraz (Rua Ceará, s/n – Vila Alice), em Vicente de Carvalho; e Martins Fontes (Rua Quintino Bocaiúva, 183, no Centro). Neste período de férias, as bibliotecas têm chamado a atenção não só de estudantes residentes, mas também de turistas.

Leitor assíduo da Biblioteca Martins Fontes, o estoquista Marcos Santana, gosta de conferir os jornais diários. “Desde pequeno frequento o local. Costumo vir na hora do almoço ou após o trabalho”. Quem conheceu a Biblioteca do Centro pela primeira vez foi Lucas Teixeira, estudante, 24 anos, que é da Cidade: “Estava buscando uma biblioteca. E achei aqui um local bem diferente, com bastante variedade”, apontou.

Além das centrais, a rede municipal de ensino ainda conta com as bibliotecas anexas às escolas de ensino fundamental, que representam um apoio pedagógico importante dentro das unidades. Até o momento, Guarujá já tem 19 bibliotecas anexas, de um total de 26 unidades a serem contempladas.

Para se tornar um sócio das Bibliotecas centrais é necessário se dirigir a uma das Unidades, munido de documentos pessoais (no caso de menores, o do responsável); 2 fotos 3×4 e comprovante de residência. Horário de atendimento é de segunda a sábado, das 9h às 17h, somente no período de férias, e das 8h às 18h, no decorrer do ano.

Quem efetuar a retirada de livro com 100 folhas pode ficar o título por 10 dias; já para um título de 200 folhas, por exemplo, o período é de 20 dias. As doações de livros e gibis também são bem-vindas. Aqueles que desejam colaborar na ampliação dos acervos poderá fazer a sua doação somente na Biblioteca Geraldo Ferraz, em Vicente de Carvalho.

Em Guarujá, Escola Benedito Claúdio passa a contar com biblioteca e gibiteca

A Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, inagura a Biblioteca e Gibiteca da Escola Municipal Professor Benedito Claúdio da Silva, nesta quinta-feira, 19. A cerimônia será realizada às 16 horas, nas dependências da unidade de ensino, que fica na Rua Agenor de Assis, 165, na Vila Alice.

O acervo da unidade contará com 2.600 livros, compostos por diversas coleções infanto-juvenis e juvenis, além de 700 gibis. Em 2009, o Município tinha apenas três bibliotecas. Hoje, há 12 disponíveis para consulta dos munícipes.

Todos os móveis e estantes do espaço foram confeccionados e recuperados por participantes do projeto Biblioteca Cidadã, projeto desenvolvido pela Prefeitura em parceria com o Cartório de Registro Civil. Madeiras, pneus e materiais recicláveis foram utilizados para mobiliar o novo espaço de leitura.

A criação da nova biblioteca e gibiteca cumpre a lei 12.244/2010. A legislação estabelece que até 2020 todas as escolas do País devem possuir uma biblioteca. De acordo com o coordenador das Bibliotecas Públicas de Guarujá, Pedro Menezes, a presença da biblioteca na Escola é um apoio educacional significativo. “Somamos 12 bibliotecas, seis gibitecas e três hortas fitoterápicas medicinais no Guarujá. Essa ação será multiplicadora, pois o conhecimento incentiva a leitura”, afirma.

Além dos livros, o Projeto Biblioteca Cidadã leva aos espaços públicos ações de reciclagem. O objetivo é mostrar às pessoas o quanto elas podem recuperar materiais que antes pareciam lixo. “Fazer o lixo transformar-se em luxo”, disse o coordenador, ressaltando que pais, alunos e professores podem aprender com as técnicas apresentadas e levar boas ideias de decoração para suas casas.

*Prefeitura de Guarujá